Home Mensagens

Mensagens

Ensina-nos, Senhor Jesus

COM A PALAVRA, NOSSO MENTOR, Dr. Adolfo

Mensagens recebidas por psicofonia pelo médium Laerson C. Oliveira

Senhor Jesus, observando as nossas limitações infinitas, não podemos deixar de valorizar a exemplificação, entre nós, dos amigos que se esforçam para doar o melhor de si.

Senhor Jesus, a tua obra edificante, com amor, tenta abraçar todos os perdidos e vacilantes na caminhada evolutiva.

Ensina-nos, Jesus, a calar na hora certa, a ensinar aos que pedem ensinamentos nobres, a valorizar o trabalho, seja de quem for, por mais insignificante que seja.

Ensina-nos, Senhor Jesus, que a tua obra é feita de pequenas migalhas quando somos inteligentemente criados para suportar uns aos outros nos esforços mútuos de nos amarmos.

Ensina-nos, Jesus, na hora propicia, a podar as nossas vaidades, a deixar cair a escama da cegueira, a capa e a máscara do personalismo, que tanto nos feriu e nos fere. Ensina-nos, Jesus, a viver sem elas.

Andaste entre os pobres famintos, crianças e velhos enfraquecidos e jamais foste autoridade para destruir o desejo dos outros para servir. Acolheste a todos, desde Mateus, o cobrador de impostos, a Maria Madalena, a prostituta; Pedro, o pescador; Tiago, João, em teu grupo. Jesus, conta-nos as histórias da falência moral de Judas, da fraqueza e negação de Pedro.

Nesse momento sublime, Jesus, não nos deixes faltar a fé, não nos deixes faltar a caridade e a humildade. Se juntos ainda somos fracos, a nossa fraqueza se multiplica aos milhares quando desunidos estamos.

Mestre Amigo, permite que, em nossas cavernas de raciocínios ultrapassados, possa fluir a energia balsamizante da renovação constante. Senhor, ensina-nos a estarmos prontos todos os dias para executar o trabalho a que nos chamaste, em qualquer hora.

Dá-nos a atenção da vigilância, da renovação de nossas forças e, em especial, a anestesia para suportar os ferimentos causados por outros, tão desorientados como nós.

Que assim seja. Graças a Deus.

Adolfo.

IECIM, 18 de setembro de 2009, ao término dos trabalhos de Cura à Distância.

 

COM A PALAVRA, NOSSO MENTOR, Dr. Adolfo

 

dr-adolphObrigado, Jesus, pelo momento sublime que enfoca o teu Evangelho.

Somos nós responsáveis por todas as bênçãos que recebemos, todas as lágrimas que derramamos. Os caminhos espinhosos que percorremos, são os nossos pés que nos levam.

Ninguém é jogado para caminhar em espinhos que não foram por ele plantados. Se há desgostos, lágrimas, dores, desesperos, aflições, não responsabilizemos o irmão da direita ou da esquerda, nem o passado nem o futuro. Responsabilizemo-nos pelos nossos atos, de forma corajosa, humilde, pacífica e altiva.

Caminhar sob as benesses dos outros é um desejo imortalizado pela espécie humana, com o vício de ser sempre servido, esquecendo de servir aos outros, e, por consequência, servir a si mesmo.

Se faltar pão à tua mesa, ergue os braços, põe-te ao trabalho, que não tardará a época da chuva. Se colocares a semente, ela vai germinar, e espera com paciência que togo mais a tua dor findará. Mas tenhas a atitude pró-ativa de autolibertação, porque a tua posição de vítima de nada servirá, a não ser para aprisionar-te nas teias dos teus próprios pensamentos.

Ergue-te da profundeza das trevas em que te encontras. Quando sinalizardes que queres progredir, serás envolvido pela Lei do Progresso, e outras mãos, visíveis ou invisíveis, tomarão conta de ti; porque o impulso de vencer, de ser feliz, de amar, de ser amado, servir e ser servido é o movimento dinâmico da vida.

Que Jesus os abençoe hoje e sempre.

Graças a Deus.

Adolfo.

IECIM, 21 de maio de 2009, ao término dos trabalhos de Cura à Distância.

 

 

Mensagem recebida por psicofonia pelo Médium Laerson Cândido Oliveira, em 03/07/2009

Com a palavra, nosso Mentor Dr. Adolfo

 

Senhor Jesus, nesta assembléia constituída, recordamos os primórdios do cristianismo.

Assembléia constituída, a pergunta franca ao Governador da Terra é: O que faço, Senhor? O que é necessário para ter salvação?

E a assembléia de religiosos ouviu a resposta sublime do Governador da Terra: Não causarás homicídios, não furtarás, honrarás o teu pai e a tua mãe, ao teu irmão como a ti mesmo.

E o moço, senhor de sua consciência infantil dizia: Senhor, tudo isso já faço! Honro meu pai, a minha mãe, não faço nenhum ato ilícito, não adultero nada, não cometo nada que prejudique a meu irmão, nem crime.

Senhor, a partir desse momento, a humanidade teria as noções seguras de guiar-se, se tivesse o verdadeiro desejo de se salvar.

Jesus, as casas abertas em Teu nome foram as primeiras a deturparem os Teus mandamentos. Não furtem a fé de ninguém, não falseiem o Teu Evangelho.

As casas abertas em Teu nome deveriam se chamar Hospitais Espirituais na Terra, onde o Evangelho franco, sem ser manchado com a falsificação, com o adultério, deveria ser banquete para os vivos e para os mortos

Senhor, os famintos, os pobres, os aleijados, os perturbados, continuam em fartura na Terra. A riqueza, o dinheiro, o ouro e as casas de religião também e são poucas as frestas das portas abertas para servir o pão.

Ensina-nos Jesus, em nossa insignificância, manter as portas abertas para os caídos, desorientados, machucados e feridos. Se assim não for Jesus, evita-nos, precipitados nos mesmos erros, que outros já cometeram.

Que assim seja!

Graças a Deus

 

 

Fé em Deus

(Pelo Espírito de Emmanuel, psicografado por Francisco Cândido Xavier)

A fé em Deus não te arredará das provas inevitáveis, mas te investirá na força devida para suportá-las;

Não te afastará os obstáculos do caminho, entretanto, doar-te-á a significação de cada um deles, para que recebas, em silêncio, a mensagem de que são portadores;

Não impedirá o afastamento dos companheiros a que mais te afeiçoas, nos encargos que te marcam a vida, todavia, conceder-te-á energias e recursos para substituí-los, até que surjam outros cooperadores decididos a apoiarte;

Não te livrará da enfermidade de que ainda precises, no entanto, iluminar-te-á o entendimento para que lhe assimile o recado salutar;

Não te retirará dos desenganos e decepções que o mundo te propicie, mas auxiliar-te-á a extrair deles mais luz ao próprio discernimento;

Não te desligará do parente difícil, porém, ajudar-te-á a aceitá-lo e compreendê-lo em teu próprio benefício;

Não te proibirá as quedas prováveis nas trilhas da existência, no entanto, ensinar-te-á, através da própria dor, onde se encontram as situações de que te cabe evitar, em auxílio a ti mesmo;

Não te demitirá dos problemas que, porventura, te ameaçam a paz, contudo, dar-te-á serenidade para resolvê-los com segurança;

Não te buscará nos labirintos da ilusão, nos quais talvez haja penetrado, impensadamente, entretanto, clarear-te-á o raciocínio para te libertares;

A fé em Deus, por fim, não te mudará os quadros exteriores de luta, mas infundir-te-á paciência a fim de que compreendas em todos eles os degraus da elevação, de que necessitas, para escalar os cimos da vida imperecível.


 

Mensagem recebida por psicofonia pelo médium Laerson Cândido de Oliveira, em 05/06/2009

IECIM, após os trabalhos de Cura à Distância
A palavra de Dr. Adolfo

Em nome de Jesus, nosso meigo Mestre e Orientador, ouvimos de nossa parte o comentário santo sobre o homem de bem.

Quando nos referimos a qualquer componente de qualquer sociedade, perguntamos qual é o seu estado de alma, de espírito. Uns observam se os cofres estão cheios e dizem: ele está bem, muito bem, afinal.

Não pára para observar de que homem está falando e de que bem está falando. Muitas vezes os cofres cheios são frutos do roubo, da desonestidade, logo a classificação é indevida.

Se olharmos ao redor, encontraremos desespero, medo, frustrações e ambição cada vez maiores a escravizar a alma do referido.

Se perguntarmos sobre a saúde do corpo, desfrutando todas as atividades requisitadas, logo faremos a nossa opinião: está bem, olha como anda, como se comporta.

Mas se observarmos mais próximo, pode existir um corpo de saúde mas uma alma doente, cavando a doença para o dia de amanhã, ao corpo que goza de seu funcionamento pleno.

 

Mas ao observarmos um ser doente, subjugado ao leito, os que sofrem de privações, e se perguntarmos como está, logo chegaremos à conclusão: fulano está muito mal. Mal porque os cofres estão vazios. Do nosso lado observamos que ele está muito bem por não adoecer para encher os seus cofres, por não roubar, por não ser desonesto.

O outro subjugado pela doença, aos olhos de muitos está mal, mas aos nossos olhos está bem, expurgando ao corpo as chagas da alma.

Queridos companheiros, que grande oportunidade temos nas mãos, corpos sadios, mentalidade sã, podemos estar reunidos retirando de nossos arquivos, enfraquecendo as ações que pagaríamos no futuro, em peso que nós não avaliamos, mas que com o Evangelho do Mestre, com a orientação segura, podemos dizer: estou bom, estou bem, estou em paz, porque não estou doente e trabalho para a minha saúde, para o meu bem estar, cada vez melhor.

Quando me importo com o outro, as forças de Deus se importam comigo.

Graças a Deus, que assim seja, graças a Deus.

 

 

Mensagem recebida por psicofonia pelo Médium Laerson Cândido Oliveira, em 20/12/2008

 

IECIM, após os trabalhos de Cura a Distância. Com a palavra, nosso mentor, Dr. Adolfo.

Senhor, submergido em meu passado tenebroso, ouso distanciar-me do meu casulo para receber um pouco de luz, pela Tua infinita bondade. Reconheço a minha pequenêz e minha doença produzida pela imperfeição, mas me atrevo a vir a público dizer que necessito do Teu Amor, necessito da Tua Compreensão. Recebo as plumas alvejantes do Teu Coração magnânimo que limpa minhas feridas e balsamiza minhas dores. Reconheço Tuas mãos milagrosas no cuidado das feridas dos moribundos.

Reconheço a silhueta do Divino Amigo amparando os desorientados. Sinto, com minha sensibilidade, o magnetismo de Amor puro que envolve o ambiente inteiro. Senhor, de joelhos eu Te peço a dádiva abençoada do trabalho, em qualquer circunstância. O meu coração tem sede de servir, porque sei que junto aos doentes como eu, irei Te encontrar, em todos os instantes em que eu orar e ensinar ao meu irmão a acreditar nas forças de Tuas balsamizadoras mãos. Amigo, balsamiza os corações aqui presentes, os que estagiaram no corpo e os que se aglomeram por amor à causa do bem. Senhor, ontem estive vestido na carne, hoje despido estou, mas com a Glória de Deus e Tua ajuda quero ser merecedor de novas experiências.

Obrigado Senhor, obrigado senhores, em nome de Jesus me despeço, aguardando breve regresso para palestrar, falando de novos horizontes, novas fontes, novas tarefas, novos ganhos, novas alegrias e novas satisfações. Que Assim Seja. Graças a Deus!

 

 

Mensagem recebida por psicofonia pelo Médium Laerson

Nas minhas fantasias noturnas, sonhei. Sonhei que poderia comandar a própria vida.
Sonhei que poderia me distanciar dos homens. Eu sonhei que deveria construir uma sólida construção que me separasse dos que sofrem. O gemido me trazia muitas perturbações.
As lágrimas, a pequenez, a incompreensão doíam e eu não podia continuar no mesmo mundo que esses seres habitavam. Sonhei, passou a noite escura.
Quando acordei, quando os lampejos da razão me invadiram, eu estava contaminado com aquilo com que os outros sofriam, porque eu não suportava a dor, a pequenez que viviam em mim. O meu distanciamento que eu almejava era de mim mesmo, mas acordei. Acordei disposto a encontrar um novo caminho. Sol brilhante, manhã cheia de magia. Outro dia nasceu. Oportunidades novas. Trabalho a executar. A magia no peito. A vontade de vencer; a vontade de vencer a mim mesmo. Desfazer a barreira que construí. A cegueira profunda. A assistência do sol, o brilho nas paredes. O reluzir do chão envolve-me a alma. Companheiros me acenam. Eu cumprimento hu-mildemente. A organização se faz.
Senhor, eis aqui outros necessitando de nossos préstimos. A magia que residia no peito desce pelas mãos, o olhar brilha e o trabalho recomeça. A atmosfera de amor, de cuidado e de gratidão. As árvores nos cumprimentam, o sol nos acalenta e a felicidade nos invade. A manhã findou, iniciou a tarde. O cansaço não veio. A gratidão pulsa em todos os seres. Os assistidos e os assistentes. Que maravilha, que maravilha. Onde havia dor, agora há cooperação. Onde havia desprezo, há amparo. Que maravilha. É hora de orar.

O peito se abre em forma de gratidão. As lágrimas que caem, reconhecendo a pequenez. Mas Senhor, aqui estou ou-tra vez para te dizer: muito obrigado porque eu trabalhei, muito obrigado porque produzi o sorriso naqueles que só tinham expressão de dor. Obrigado porque fui chamado como trabalhador de última hora.
“Mas, Senhor, muito obrigado por nosso nome estar na lista de trabalhadores benditos. Obrigado, queridos, que, com Jesus, todos nós em segurança caminharemos.
Se hoje falo porque demorei a compreender, os que não compreendem amanhã irão dizer: obrigado, Senhor, por existir o trabalho redentor de nossas almas”.
Que assim seja, que assim seja.
Gratos estamos por nos instruir.
Graças a Deus.

 

 
<< Início < Anterior 61 62 63 64 65 Próximo > Fim >>
Página 65 de 65
Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.