Home Mensagens Dr. Adolfo O que é prioridade para você hoje?

O que é prioridade para você hoje?


“Quando as coisas estavam muito ruins, foi mais fácil passar por elas, porque eu sabia que aquilo iria passar. E quando as coisas estavam muito boas, eu as aproveitei bastante, porque também sabia que iriam Passar”.


O pensamento, da médica geriatra Ana Cláudia Quintana Arantes, especialista em cuidados paliativos, nos lembra sobre a brevidade da vida terrena e nos força a refletir sobre o que colocamos como prioridade neste mundo.


Se o que realmente importa é o ter, acumular, exibir, na tentativa de nos mostrarmos melhores do que o outro sob o ponto de vista físico, material ou intelectual, significa que nossa vida é uma competição eterna e nunca estaremos suficientemente satisfeitos. Afinal, são cerca de 7 bilhões de habitantes no planeta - não é difícil concluir que haverá sempre alguém “melhor” do que nós, e muito outros em condições muito piores também. Mas se o que valer, na verdade, for o amor, a doação, a compreensão, o carinho, o perdão e a união, a vida pode se tornar uma sucessão de realizações, que não se apagam com o tempo.


Cada ser tem a oportunidade de deixar um rastro de luzpor onde passa, influenciando de maneira positiva a vida do semelhante, a do planeta e a sua própria existência. Cada um de nós é dotado de qualidades únicas, especiais, verdadeiros dons concedidos por Deus, que nos “equipou” da melhor maneira possível para que possamos cumprir nossa missão. Mas é preciso que estejamos sintonizados com Ele para saber usar essas “ferramentas”.


Segundo a Dra. Ana Cláudia, a morte é uma das coisas mais intensas como ferramenta de empoderamento do ser humano. “Quando você tem noção do fim da sua vida, não tem ninguém que te enrole. Por que você vai desperdiçar o seu tempo com coisas irrelevantes?” Se você imaginar, por exemplo, que estará morto daqui a uma semana, qual é o tamanho do problema que você tem hoje? É realmente importante? “Você não precisa estar doente para ter noção de prioridade”, diz Ana Cláudia. Ao considerar a brevidade da vida, passamos a redimensionar as nossas dificuldades e descobrimos que, sim, somos capazes de superá-las.


O que é prioridade para você hoje?

“Quando as coisas estavam muito ruins, foi mais fácil passar por elas, porque eu sabia que aquilo iria passar. E quando as coisas estavam muito boas, eu as aproveitei bastante, porque também sabia que iriam Passar”.

O pensamento, da médica geriatra Ana Cláudia Quintana Arantes, especialista em cuidados paliativos, nos lembra sobre a brevidade da vida terrena e nos força a refletir sobre o que colocamos como prioridade neste mundo.

Se o que realmente importa é o ter, acumular, exibir, na tentativa de nos mostrarmos melhores do que o outro sob o ponto de vista físico, material ou intelectual, significa que nossa vida é uma competição eterna e nunca estaremos suficientemente satisfeitos. Afinal, são cerca de 7 bilhões de habitantes no planeta - não é difícil concluir que haverá sempre alguém “melhor” do que nós, e muito outros em condições muito piores também. Mas se o que valer, na verdade, for o amor, a doação, a compreensão, o carinho, o perdão e a união, a vida pode se tornar uma sucessão de realizações, que não se apagam com o tempo.

Cada ser tem a oportunidade de deixar um rastro de luzpor onde passa, influenciando de maneira positiva a vida do semelhante, a do planeta e a sua própria existência. Cada um de nós é dotado de qualidades únicas, especiais, verdadeiros dons concedidos por Deus, que nos “equipou” da melhor maneira possível para que possamos cumprir nossa missão. Mas é preciso que estejamos sintonizados com Ele para saber usar essas “ferramentas”.

Segundo a Dra. Ana Cláudia, a morte é uma das coisas mais intensas como ferramenta de empoderamento do ser humano. “Quando você tem noção do fim da sua vida, não tem ninguém que te enrole. Por que você vai desperdiçar o seu tempo com coisas irrelevantes?” Se você imaginar, por exemplo, que estará morto daqui a uma semana, qual é o tamanho do problema que você tem hoje? É realmente importante? “Você não precisa estar doente para ter noção de prioridade”, diz Ana Cláudia. Ao considerar a brevidade da vida, passamos a redimensionar as nossas dificuldades e descobrimos que, sim, somos capazes de superá-las.

Jornal O Cidadão, Ano 15 - Edição 106, Abril e Maio de 2017.

Translate
English French German Italian Russian Spanish
NATAL COM JESUS


Para realizar mais um Natal com Jesus, precisamos de sua colaboração!

Em 18 anos de trabalho, o IECIM já distribuiu mais de 52.000 cestas básicas para famílias carentes de São Paulo.

Sua ajuda faz diferença!

 Obrigado e que Jesus o abençoe!


Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.