Home Mensagens Dr. Adolfo Mensagem recebida em 07. 11. 2008 , após o atendimento de cura, através do médium Laerson Cândido de Oliveira

Mensagem recebida em 07. 11. 2008 , após o atendimento de cura, através do médium Laerson Cândido de Oliveira

Outrora matriculado no educandário da Terra, em muitas ocasiões desprezamos opiniões de homens simples.

Na mocidade não valorizávamos a sabedoria dos que estagiavam na simplicidade e na beleza do campo.

Buscávamos nós as nomenclaturas acadêmicas para destilar orgulhoso um vocabulário pouco conhecido.

Por não ser conhecido, dizíamos: “o diploma nos distancia do homem do povo, que estagiou a vida inteira no santuário da natureza”.

Mas como todos os alunos matriculados nos educandários, nós também fomos chamados a deixar o espaço físico, passando nós a estagiar no mundo das ondas das vibrações dos pensamentos.

E observamos que a química tem grande poder e ação quando tecnicamente aplicada com suas vibrações modificadas no laboratório da vida, vida de matéria etérea.

Senhor, ao refletir o passado não longínquo, a nossa postura orgulhosa e espargir o vocabulário novo, sentíamos Jesus, envolvidos em profunda ilusão.

Hoje observando Mestre, as vibrações que modificam, que corrigem, que alteram, não fugindo as leis da física e da química. Essas leis não se abalam. As leis não se modificam. Só a matéria forma vibrações diferentes.

Por isso Senhor, na minha estupidez, queria tudo tratar, queria tudo parar, modificar, sem saber que na lei da química, nada se pára, nada se retira, mas tudo se modifica e se soma.

E foi no meu psicossoma que eu criei as minhas maiores úlceras, decepções e interrompi o fluxo de energia vital que meu corpo necessitava.

Mas eu não acreditava, hipnotizado estava com os nomes pomposos que a academia nos forneceu.

Hoje Senhor aqui estou eu pedindo renúncia, pedindo perdão, pedindo a oportunidade de socorrer o irmão. Pedindo paz para o meu coração. Alimentando a felicidade de esperar o amanhã, de iniciar uma nova tarefa, pois a de hoje já está completa. Os meus braços nem cansados estão.

Senhor, quanta beleza na natureza, quanta beleza, quanta beleza. A água fresca e pura.

Senhor, o sorriso da criança, quanta ternura. O grito de um pássaro, os desenhos harmoniosos das nuvens, o alvejante da neve.

Senhor Sê o colírio desse espírito enlanguescido do seu próprio orgulho.

Que assim seja,

Que assim seja,

Que assim seja.

Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.