Home

Palestras Iecim.org - Tema: Leis Morais



Expositor(a): João Nascimento de Jesus e Fátima Cassiano

Local: Instituto #Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #SantanadeParnaíba

Data: 13/04/2019 às 10h  (Hora de Brasília)



Leia mais...

 

Palestras Iecim.org - Tema: Bons Pregadores que são maus Servidores



Expositor: Gilberto Ferraz

Local: Instituto #Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #SantanadeParnaíba

Data: 13/04/2019 às 10h  (Hora de Brasília)


Leia mais...

 

Palestras Iecim.org - Tema: A Pedagogia do Cristo


Expositor: Laerson Cândido de Oliveira

Local: Instituto #Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #Butantã

Data: 12/04/2019 às 20h  (Hora de Brasília)


Leia mais...

 

Impossível sustentar a paz sem a observância das Leis de Deus


Rememoremos Jesus: "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize". (1) Hoje expande-se a cultura de guerra (violência) e não de paz (fraternidade). Os heróis da infância cibernética, em sua maioria, são guerreiros, saqueadores e sanguinários. As “historinhas” infantis em quadrinhos e os games sempre estão superlotados de sensualismos e de inimagináveis violências. É urgente criarmos uma cultura de não violência, de bom senso, de tranquilidade, de paz (não essa "paz" conquistada por convenções legais ou diplomáticas), mas uma paz proveniente de uma convicção profunda, íntima, que o verdadeiro homem de bem externa em cada gesto, cada palavra, cada pensamento ou cada decisão.

O Século passado foi o período histórico mais sangrento de todos os anteriores. Após (isso mesmo, APÓS!) a Segunda Guerra Mundial, já ocorreram quase 200 conflitos bélicos, resultando em mais de 40 milhões de mortos. Se contabilizarmos os resultados dessas calamidades morais desde 1914, estes números sobem para mais de 400 conflitos belicosos e quase 200 milhões de mortos, numa projeção bem superficial.

Para o dicionarista Aurélio Buarque, a paz pode ser definida como ausência de lutas, de violências ou de perturbações sociais; pode ser tranquilidade pública. Pode ser, ainda, ausência de conflitos íntimos, ou seja, tranquilidade de alma. O filólogo também conceitua paz como situação de um país que não está em guerra com outro, ou, ainda, restabelecimento de relações amigáveis entre países beligerantes com a cessação de hostilidades etc.

Como se observa, para o dicionarista, a paz é tranquilidade pública, sem perturbações sociais, porém é, além disso, a ausência de conflitos íntimos, é equilíbrio interior, e aí está a definição mais importante.

Jesus declarou que nos daria a sua paz, que deixaria para nós a sua paz, e, neste instante em que a humanidade tanto se desentende, a busca da paz tem sido um delírio constante. Em verdade, a nossa paz, quase sempre, é construída com a infelicidade alheia. Por isso, temos de dar a nossa paz para o semelhante e não a reter, sendo o único beneficiado.

Enquanto não distribuirmos o supérfluo, ou mesmo parte do necessário, deixando de beneficiar quem está em piores condições, por maior que seja a nossa "paz", ela será aparente e nada produzirá de útil. Jesus nos deixou, há 2.000 anos, a grande lição do amor, a fim de que chegássemos ao estágio de perfeita harmonia interior. O Mestre Galileu avisou: "Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei" (2) e, logo adiante, acrescentou: "Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros". (3)

Dentre as possibilidades da conquista da harmonia íntima, é na "caridade que devemos procurar a paz do coração, o contentamento da alma, o remédio para as aflições da vida". (4) A caridade bem compreendida é mais importante do que os fenômenos mediúnicos, do que as pesquisas científicas, do que a fé, do que a esmola, do que o sacrifício. Quem diz isso é Paulo de Tarso, ouçamo-lo: "Ainda que eu falasse línguas, as dos homens e as dos anjos, se eu não tivesse a caridade, seria como um bronze que soa ou como um címbalo que tine. (...) Ainda que eu distribuísse todos os meus bens aos famintos, ainda que entregasse o meu corpo às chamas, se não tivesse a caridade, isso nada me adiantaria". (5)

Ao Espiritismo está reservada a tarefa de alargar os horizontes das propostas de pacificação nos domínios da alma, contribuindo para a solução dos enigmas que atormentam o homem contemporâneo, projetando luz nas questões, quase que indecifráveis do destino e do sofrimento humano.

Por oportuno, evocamos um trecho do Espírito Neio Lúcio que cita, no último capítulo do livro Jesus no Lar: "(...) Após o último culto doméstico na casa de Simão Pedro, nas vésperas de embarcar para a cidade de Sidon, o Mestre abriu o livro de Isaías e comentou-o com sabedoria, após o que, proferindo a prece de encerramento, advertiu: - Pai, ajude os que não se envergonham de ostentar felicidade ao lado da miséria, do infortúnio e da dor. (...). Ergue aqueles que caíram sob o excesso do conforto material". (6) A felicidade é mediata, vazada na elaboração das fontes vitais da paz de todos, a começar hoje e nunca terminar, até porque a alegria de fazer alguém feliz é a felicidade em forma de alegria.

Jamais olvidemos que é impossível deter a paz em abundância sem a máxima observância dos desígnios divinos, sintetizados no Evangelho e desdobrados ao nível da cultura contemporânea pela Terceira Revelação.


Referências bibliográficas:

(1) (Jo 14:27).

(2) (João, 13:34-35)

(3) idem

(4) KARDEC, Allan. O Evangelho segundo o Espiritismo, RJ: Ed. FEB, 2006, Cap. 13, item 11.

(5) (1 Cor 13,1-3).

(6) XAVIER, Francisco Cândido. Jesus no Lar, ditado pelo Espírito Neio Lúcio, RJ: Ed. FEB 1999.


Jorge Hessen



 

Palestras Iecim.org - Tema: LEI DE LIBERDADE


Palestra sobre O Livro dos #Espíritos

LIVRO III, CAPÍTULO X DO L.E.

Tema: LEI DE LIBERDADE

ILIBERDADE DE PESAMENTO, LIBERDADE DE CONSCIÊNCIA, LIVRE-ARBÍTRIO, FATALIDADE, CONHECIMENTO DO FUTURO, RESUMO TEÓRICO DO MÓVEL DAS AÇÕES HIMANAS

Expositor(a): Cláudia Pires Rea

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #Butantã

Data: 09/04/2019 às 20h (Hora de Brasília)


Leia o livro aqui.

Leia mais...

 

Cursos Iecim.org - Aula 10 - A formação do povo de Israel



CURSO DE ESTUDO DO EVANGELHO E DA MEDIUNIDADE DO iecim.org

Aula 10 - A formação do povo de Israel, as tribos, sua unificação e o Rei Davi

Expositora: Brasiliana Hermínio

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #Butantã

Data: 08/04/2019 às 20h  (Hora de Brasília)

Leia mais...

 

Palestras Iecim.org - Tema: Paz no Relacionamento



Expositor: Laerson Cândido de Oliveira

Local: Instituto #Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #SantanadeParnaíba

Data: 06/04/2019 às 10h  (Hora de Brasília)


Leia mais...

 

Palestras iecim.org - Tema: As 3 religiões



Expositor: Laerson Cândido de Oliveira

Local: Instituto #Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #Butantã

Data: 29/03/2019 às 20h  (Hora de Brasília)


Leia mais...

 

Transmissão ao vivo - Palestras Iecim.org



xpositor: Laerson Cândido de Oliveira

Local: Instituto #Espírita Cidadão do Mundo-Unidade #SantanadeParnaíba

Data: 03/04/2019 às 9h  (Hora de Brasília)


Leia mais...

 

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 4 de 194

Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.