Home

Palestras IECIM - Série Personalidades: Ruy Barbosa

Palestras e atendimentos realizados no Instituto Espírita Cidadão do Mundo por Laerson Cândido de Oliveira.

Este vídeo faz parte de uma série de narrativas sobre as encarnações de alguns espíritos famosos, que despertam a curiosidade de todos.

 

 

A Caridade segundo São Paulo

(Paulo, I Coríntios, XIII: 1-7 e 13)

Se eu falar as línguas dos homens e dos anjos, e não tiver caridade, sou como o metal que soa, ou como o sino que tine. E se eu tiver o dom de profecia, e conhecer todos os mistérios, e quando se pode saber; e se tiver toda fé, até o ponto de transportar montanhas, e não tiver caridade, não sou nada. E se eu distribuir todos os meus bens em o sustento dos pobres, e se entregar o meu corpo para ser queimado, se, todavia, não tiver caridade, nada disto me aproveita. A caridade é paciente, é benigna; a caridade não é invejosa, não obra temerária nem precipitadamente, não se ensoberbece, não é ambiciosa, não busca os seus próprios interesses, não se irrita, não suspeita mal, não folga com a verdade. Tudo tolera, tudo crê, tudo espera, tudo sofre. A caridade nunca, jamais há de acabar, ou deixem de ter lugar as profecias, ou cessem as línguas, ou seja abolida a ciência.— Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e a caridade, estas três virtudes: porém a maior delas é a caridade.

 

 

Palestras IECIM - Série Personalidades: André Luis

 

Palestras e atendimentos realizados no Instituto Espírita Cidadão do Mundo por Laerson Cândido de Oliveira.

Este vídeo faz parte de uma série de narrativas sobre as encarnações de alguns espíritos famosos, que despertam a curiosidade de todos. A história de André Luis ensina-nos muito sobre a imperfeição humana e como evoluir em nossas relações com o próximo.

 

 

 

Mensagem recebida por psicofonia pelo Médium Laerson Cândido Oliveira, em 20/12/2008

 

IECIM, após os trabalhos de Cura a Distância. Com a palavra, nosso mentor, Dr. Adolfo.

Senhor, submergido em meu passado tenebroso, ouso distanciar-me do meu casulo para receber um pouco de luz, pela Tua infinita bondade. Reconheço a minha pequenêz e minha doença produzida pela imperfeição, mas me atrevo a vir a público dizer que necessito do Teu Amor, necessito da Tua Compreensão. Recebo as plumas alvejantes do Teu Coração magnânimo que limpa minhas feridas e balsamiza minhas dores. Reconheço Tuas mãos milagrosas no cuidado das feridas dos moribundos.

Reconheço a silhueta do Divino Amigo amparando os desorientados. Sinto, com minha sensibilidade, o magnetismo de Amor puro que envolve o ambiente inteiro. Senhor, de joelhos eu Te peço a dádiva abençoada do trabalho, em qualquer circunstância. O meu coração tem sede de servir, porque sei que junto aos doentes como eu, irei Te encontrar, em todos os instantes em que eu orar e ensinar ao meu irmão a acreditar nas forças de Tuas balsamizadoras mãos. Amigo, balsamiza os corações aqui presentes, os que estagiaram no corpo e os que se aglomeram por amor à causa do bem. Senhor, ontem estive vestido na carne, hoje despido estou, mas com a Glória de Deus e Tua ajuda quero ser merecedor de novas experiências.

Obrigado Senhor, obrigado senhores, em nome de Jesus me despeço, aguardando breve regresso para palestrar, falando de novos horizontes, novas fontes, novas tarefas, novos ganhos, novas alegrias e novas satisfações. Que Assim Seja. Graças a Deus!

 

 

Da ilusão à reforma íntima - Caso Clínico

 

A história de Maria Cristina, que descobriu um sentido para a vida depois da dor física

Tudo começou com dores no lado esquerdo da virilha. Era setembro de 2009 e Maria Cristina Morales Belandrino, então com 45 anos, procurou o clínico geral no posto de saúde da sua cidade, Peruíbe, litoral paulista.

A princípio, o médico achou que fosse uma hérnia de hiato. Pediu que Maria Cristina fizesse todos os exames necessários – sangue, ultrassom transvaginal, papanicolau, mamografia – e levasse os resultados para o ginecologista. Os exames não revelaram nenhum problema e o especialista indicou apenas uma pomada.

A dor não só continuou, como aumentou. Já era dezembro de 2009 e Cristina começou também a perder peso rapidamente e a sofrer de fadiga crônica.

“Bofetadas”

Espírita, o pai de Maria Cristina sugeriu que a filha procurasse atendimento em um centro da cidade, frequentado por um amigo. Cristina foi então ao IECIM Peruíbe.

“Fui muito bem recebida lá”, lembra Cristina. “Cheguei no momento da palestra do Laerson e tudo o que ele dizia tinha o efeito de uma bofetada em mim”, diz ela. Isso porque o dirigente do IECIM, Laerson Cândido de Oliveira, falava do tempo que muitas pessoas perdem iludidas com um templo, uma igreja, uma religião, sem conhecer o valor da verdadeira caridade.

Para Cristina, a lição cabia perfeitamente na sua experiência. Durante quase 15 anos, ela foi adepta do candomblé. “A música, os tambores, as vestimentas, tudo me chamava a atenção no começo”, diz ela. “Mas depois comecei a me desanimar com tudo aquilo, sentia que queria algo mais, precisava entender realmente o que era o Espiritismo”.

No momento do atendimento, o Dr. Adolfo, um dos mentores espirituais do IECIM, colocou uma agulha na região onde Cristina sentia dor. E foi só.

 

Leia mais...

 

<< Início < Anterior 341 342 343 Próximo > Fim >>

Página 341 de 343

Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.