Home

Palestras IECIM - Tema: Capítulo III-Na casa de meu Pai há muitas moradas

 

Palestra sobre o Evangelho segundo o Espiritismo

Tema: Capítulo III-Na casa de meu Pai há muitas moradas

Expositora: Sônia Pegas

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 03/09/2013

Para fazer o Download do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, Clique Aqui

 

Leia mais...

 

IECIM Aula-Allan Kardec e a Doutrina Espírita: 3ª revelação

 

Curso de aprofundamento do estudo e educação da mediunidade.

Aula-Allan Kardec e a Doutrina Espírita: 3ª revelação

Expositora: Sônia Pegas

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 02/09/2013

Para Visualizar os Slides da aula, Clique emKardec

Leia mais...

 

Brasil - Coração do Mundo, Pátria do Evangelho

"Jesus, que é a suprema personificação de toda a misericórdia e de toda a justiça, auxiliará a cada qual, no desdobramento dos seus esforços para a glória da nacionalidade.

"O Brasil está cheio de ideologias novas, refletindo a paisagem do século; cabe aos bons operários do Evangelho concentrar suas atividades no esclarecimento das almas e na educação dos espíritos.

"Todas as fórmulas humanas, dentro das concepções que exprimam, por mais alevantadas que se afigurem, são perecíveis e transitórias. A politica sofrerá, no curso dos séculos, as alternativas do direito da força e da força do direito, até que o planeta possa atingir relativa perfeição social, com a cultura generalizada. A Ciência, como a Filosofia e as escolas sectárias, viverá entre dúvidas e vacilações, assentando seus feitos na areia instável das convenções humanas. Só o legítimo ideal cristão, reconhecendo que o reino de Deus ainda não é deste mundo, poderá, com a sua esperança e o seu exemplo, espiritualizar o ser humano, espalhando com os seus labores e sacrifícios as sementes produtivas na construção da sociedade do futuro.

"Conhecedores dessa grande verdade, supliquemos a Jesus se digne derramar o orvalho de seu amor sobre os vermes da Terra.

"Que as falanges de Ismael possam, aliadas a quantos se desvelam pela sua obra divina, reunir o material disperso e que a Pátria do Evangelho mais ascenda e avulte no concerto dos povos, irradiando a paz e a fraternidade que alicerçam, indestrutivelmente, todas as tradições e todas as glórias do Brasil."

Francisco Cândido Xavier, ditado por Irmão X

 

IECIM Aula XXIV-A especificidade da alimentação para cada indivíduo

 

Curso preparatório de exercício da mediunidade e vivência na exposição evangélica

Aula XXIV-A especificidade da alimentação para cada indivíduo

Expositor: Laerson Cândido de Oliveira

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 28/08/2013

Leia mais...

 

Doações Mínimas

Não subestime as chamadas “pequenas doações”.

O prato frugal que você oferece ao necessitado será provavelmente o recurso de que precisa a fim de liberar-se dos últimos riscos da inanição.

A peça de vestuário que você entregou ao companheiro em penúria terá representado o apoio providencial com que se livrou de moléstia grave.

A reduzida poção de remédio que conseguiu você doar em favor de um doente foi talvez o socorro que o auxiliou a desviar-se do derradeiro corredor em que resvalaria para a morte.

A visita rápida que você levou ao enfermo pode ter sido o estímulo inesperado que o arrancou do desânimo para os primeiros passos, em demanda ao levantamento das próprias forças.

O bilhete ligeiro que você endereçou ao irmão em dificuldade, ofertando-lhe reconforto, possivelmente se transformou na âncora em que haverá retomado o acesso à esperança.

O minuto de tolerância com que você suportou a exigência de uma pessoa, em difícil conversação, haverá sido aquele que a ajudou a descompromissar-se com um encontro desgradável ou com determinado acidente.

Algumas poucas frases num diálogo construtivo serão o veículo pelo qual o seu interlocutor evitará render-se a idéias de suicídio ou delinquência.

Os seus instantes de silêncio caridoso, à frente desse ou daquele agressor, significarão o amparo de que não prescinde, a fim de aceitar a necessidade da própria renovação.

Não menospreze o valor das minidoações.

O seu concurso supostamente insignificante pode ser o ingrediente complementar que esteja faltando em valiosa peça de salvação.

ANDRÉ LUIZ, Médium: Francisco Cândido Xavier

É com alegria que iniciamos os trabalhos para a distribuição de cesta de natal para este ano e queremos convidar VOCÊ, todos os seus amigos e familiares a participarem desse projeto conosco.

Para isso basta que você deposite sua doação no Banco Bradesco (237) Agência 2199-7, conta poupança 21320-9; nosso CNPJ 03.260.188/0001-03.

Contamos com a boa vontade de todos os irmãos que sintam o dever de proporcionar àqueles que necessitam uma oportunidade de comemorarem o aniversário de Jesus Com uma comida simples e caseira em seus lares.

Abrace essa causa!

 

Palestras IECIM - Tema: Capítulo II-Meu reino não é deste mundo

 

Palestra sobre o Evangelho segundo o Espiritismo

Tema: Capítulo II-Meu reino não é deste mundo

Expositor: Celso Simphrônio

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 27/08/2013

Para fazer o Download do Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, Clique Aqui

 

Leia mais...

 

Cura do Mal

Quando Jesus nos ensinou a perdoar, concedeu-nos o máximo de poder imunológico para frustrar o contágio do ódio e do desequilíbrio, em nosso relacionamento recíproco.

Perdoa a quem te persegue ou calunia, no veículo do silêncio, e situarás o agressor, na cela íntima do arrependimento, na qual se lhe transformarão os sentimentos para a cura espiritual que se lhe faz precisa.

Perdoa, sem comentários, a quem te ofende e a breve tempo, te conscientizarás dos males que evitaste e das esperanças com que renovaste muitos dos corações que te partilham a vida.

Se alguém te feriu, perdoa e silencia.

Se alguém te prejudicou, silencia e perdoa sempre.

Quando todos nós praticarmos o perdão que o Cristo nos legou, teremos afastado do mundo as calamidades da própria guerra, que, na essência, é a cristalização do mal que nos induz a apoiar, voluntária ou involuntariamente, o extermínio de milhões de pessoas.

Emmanuel, Do Livro: Hora Certa, Médium: Francisco Cândido Xavier - Edição GEEM

 

IECIM Aula-Teresa D'avilla / O iluminismo e a religião na era da razão

 

Curso de aprofundamento do estudo e educação da mediunidade.

Aula-Teresa D'avilla / O iluminismo e a religião na era da razão

Expositoras: Cláudia Pires e Sônia Pegas

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 26/08/2013

Para Visualizar os Slides da aula, Clique em Idade da RazãoKardec e Pietá

 

Leia mais...

 

Quadras de um poeta morto

Coração, não vos canseis
De bater... que importa lá?
Porque os amores fiéis,
Nem a morte os vencerá.

Ó figuras de velhinhos
Que andais dormitando ao léu!
Como são belos os Linhos
Que vos esperam no Céu!

Dizem que os mortos não voltam...
Voltam sim. E por que não?
Os corpos daí nos soltam,
Como às aves o alçapão.

Nem gritos e nem cantigas
Entre vós que à noite andais;
As almas das raparigas
Inda sonham nos choupais.

Nas grandes mansões da morte
Inda há romance e noivados,
Venturas da boa sorte,
Corações despedaçados.

Quem riu ontem, quem ri hoje,
Nem sempre poderá rir...
Um dia o riso lhe foge,
Sem que o veja escapulir.

Riquezas, que valem elas
Se estão na sombra ou sem luz?
Tesouro são as estrelas
Da bondade de Jesus.

Pode-se amar o veludo
De uns olhos e os brilhos seus,
Porém, acima de tudo
Devemos amar a Deus.

Leia mais...

 

<< Início < Anterior 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 Próximo > Fim >>

Página 171 de 193

Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.