Home

IECIM - Aula X: O nascimento e morte da matéria nas dimensões limitadas pelos buracos negros

Curso de exercício da mediunidade e da vivência na exposição evangélica

Aula X: O nascimento e morte da matéria nas dimensões limitadas pelos buracos negros

Expositor: Laerson Cândido de Oliveira

Data:24/04/2013

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Sede Butantã

 

Mensagem recebida em 29.10.2010, após o atendimento de cura à distãncia, através do médium Laerson Cândido de Oliveira

 

Dr. Adolfo FritzSenhor Jesus, agradecemos a oportunidade de refletir em companhias de nobres amigos, que em teu nome se fazem presentes na noite de hoje, uns para declarar o seu amor aos outros que não Te conhecem, outros para pedir-Te compaixão, por terem transgredido as Leis imutáveis do Amor; outros, Mestre, aqui se encontram para admirar Tua beleza; outros, Jesus, estão aqui para questionar:  como posso melhor servir à grande lei da evolução, sem prejuízo aos meus irmãos?

Querido Amigo, ao comentarmos o texto do Evangelho, que é possível nascer quantas vezes necessário for, só encontramos justificativa adequada ao perguntarmos quantas vezes cada um de nós necessita estar presente à sala de aula. Logo responderá a razão, o bom senso, de que o aluno deverá frequentar a sala de aula enquanto não demonstrar domínio satisfatório sobre a matéria exposta com carinho, amor e dedicação ímpar.

Por isso Amigo, responder de uma forma pequena, insignificante, sobre a Lei da Reencarnação e a possibilidade de estarmos nos limites, ou determinarmos os limites para ela, só nos leva a consultarmos o nosso bom senso e a nossa responsabilidade de poder dizer-Te: Senhor Jesus, aprendi a lição que nos trouxestes e a pratico todos os dias, encarnado ou não, mas estou sempre em comunhão com a Lei do Amor também pronunciada e estabelecida como meta para todos os homens, por Ti, entre nós.

Que assim seja graças a Deus.

Dr. Adolfo

 

 

Palestras IECIM - Tema: Capítulo XII-Amai aos vossos inimigos

Palestra a respeito do Capítulo XII do Evangelho Segundo o Espiritismo

Expositor: Claudio Lotufo

Data: 23/04/2013

Local: Instituto Espirita Cidadão do Mundo-Sede Butantã

 

IECIM Aula 9 - O nascimento de Jesus e os profetas.

Curso do aprofundamento do estudo e do exercício da mediunidade.

Data: 15/04/2013

Local: Instituto espírita cidadão do mundo. Sede Butantã

Expositores: Suzi Ferraz e Sônia Pegas.

 

Caso Clínico - Quando o orgulho se dobra à fé

Shizuo Yamane precisou perder os movimentos para ter certeza da existência divina

Depois de 12 anos de vida conjugal, o dentista aposentado Shizuo Yamane e a funcionária pública Rosemary dos Santos decidiram oficializar a sua união. Casaram-se em 12 de maio do ano passado, em Sorocaba, a 92 quilômetros da capital paulista. Para surpresa dos dois, no entanto, o período seguinte ao enlace teve muito pouco de lua de mel.

Shizuo foi internado no dia 21, apenas nove dias depois do casamento. Sofreu uma crise aguda de esofagite (inflamação da mucosa que recobre o interior do esôfago) e pancreatite (inflamação do pâncreas). Os males causaram surpresa, porque Shizuo, então com 68 anos, nunca havia tido problemas nesses órgãos. O dentista chegou a ser internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa de Misericórdia de Sorocaba. Ficou por 15 dias em tratamento, até receber alta.

Uma semana depois, ele voltou ao leito do hospital, desta vez, com bursite (inflamação entre o tendão e a pele) e infecção urinária. Ficou mais uma semana internado. Retornou para casa, onde permaneceu por apenas quatro dias. Pela terceira vez em menos de dois meses, voltou ao hospital, sentindo fortes dores na coluna. Exames de raio-x identificaram uma erosão na sétima e na oitava vértebras. Passou mais 12 dias de cama.

Prótese, pino ou placa

Ao ver os exames, a médica ortopedista de uma clínica particular que atendeu Shizuo disse que poderia se tratar de uma inflamação, uma infecção ou até mesmo um câncer. O paciente procurou outro especialista na Santa Casa de Misericórdia, que descartou o risco de câncer, mas informou Shizuo que, por conta da gravidade do problema, seria necessário colocar uma prótese, um pino ou uma placa na coluna do paciente, para que ele pudesse voltar a andar normalmente, uma vez que o trecho correspondente à sétima e à oitava vértebras estava muito erodido.

Shizuo se lembra bem do momento em que sentiu pavor diante da sua condição. “O médico disse que eu poderia voltar para casa e fazer o tratamento nos meses seguintes à base de antibióticos. Mas uma noite, em setembro, acordei para ir ao banheiro e não consegui mais me movimentar. Já não sentia mais as minhas pernas. Foi horrível”, lembra o dentista.

O paciente foi buscar ajuda no Hospital de Clínicas da Universidade de Campinas (Unicamp). Lá, foi diagnosticado com espondilite anquilosante – uma doença inflamatória crônica que afeta as articulações do esqueleto axial, especialmente as da coluna. De acordo com a literatura médica, por enquanto, não existe cura e, se a doença não for tratada, pode impedir todo e qualquer movimento.

Mercúrio

As causas da espondilite anquilosante, que afeta mais homens do que mulheres, todos acima dos 40 anos, são desconhecidas. Shizuo suspeita das razões que podem ter motivado a doença. “Na maior parte da minha carreira como dentista inalei muito mercúrio. Nunca adotei todas as precauções que hoje os cirurgiões dentistas costumar tomar: usar máscaras, luvas, gorros etc. Acredito que entrei em contato por muito tempo com materiais tóxicos”, afirma.

O amálgama de prata, material restaurador utilizado na odontologia, contém mercúrio, metal pesado, tóxico para os seres vivos e o meio ambiente.

 

Leia mais...

 

<< Início < Anterior 291 292 293 294 295 296 297 298 299 300 Próximo > Fim >>

Página 298 de 310

Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.