Home

A Proteção de Santo Antonio

Conta-nos venerando amigo que Antônio de Pádua, no luminoso domicílio do plano superior, onde trabalha na extensão da glória Divina, continuamente recebia preces de pequena família dos montes italianos.

Todos os dias era instado a prestar socorros e enlevava-se com as incessantes manifestações de tamanha fé.

O admirável taumaturgo, por vezes, nas poucas horas de lazer, recreava-se anotando o registro dos petitórios, procedentes daquele reduzido núcleo familiar.

Sorria, encantado, relacionando-lhes as solicitações. O grupinho devoto suplicava-lhe a concessão das melhores coisas.

Lembrava-lhe o nome, a propósito de tudo. Nas enxaquecas dos donos da casa. Nos sonhos das filhas casadoiras. Nos desatinos do rapaz. Nos sapatos das crianças.

O santo achava curiosa a repetição das rogativas.

Variavam de trimestre a trimestre, repetindo-se, porém, cronologicamente.

Assim é que determinava aos colaboradores o fornecimento de recursos sempre iguais, de conformidade com as estações. Dinheiro e utilidades, socorro e medicação, alegria e reconforto.

Reproduziam-se os votos, na atividade rotineira, quando Santo Antônio reparando, mais detidamente, as notas de que dispunha, verificou, surpreso, que aquele punhado de crentes confiantes não apresentara, ainda, nem um só pedido de trabalho. O protetor generoso meditou, apreensivo, e como a devoção continuasse, fresca e ingênua por parte dos beneficiários, deliberou visitá-los pessoalmente.

 

Leia mais...

 

Palestras IECIM - Tema: A fé que transporta montanhas

Palestra sobre o Evangelho Segundo O Espiritismo

Tema: Capítulo XIX-A fé que transporta montanhas

Expositor: Gilberto Ferraz

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 11/06/2013

Leia mais...

 

A Cura Própria

"Pregando o Evangelho do Reino e curando todas as enfermidades." MATEUS,9:35

 

Cura a catarata e a conjuntivite, MAS CORRIGE A VISÃO ESPIRITUAL DE TEUS OLHOS.

Defende-te contra a surdez; ENTRETANTO RETIFICA O TEU MODO DE REGISTRAR AS VOZES E SOLICITAÇÕES VARIADAS QUE TE PROCURAM.

Medica a arritmia e a dispnéia; CONTUDO NÃO ENTREGUES O CORAÇÃO À IMPULSIVIDADE ARRASADORA.

Combate a neurastenia e o esgotamento; NO ENTANTO CUIDA DE REAJUSTAR AS EMOÇÕES E TENDÊNCIAS.

Persegue a gastralgia, MAS EDUCA TEUS APETITES À MESA.

Melhora as condições do sangue; TODAVIA NÃO O SOBRECARREGUES COM OS RESÍDUOS DE PRAZERES INFERIORES.

Guerreia a hepatite; ENTRETANTO LIVRA O FÍGADO DOS EXCESSOS EM QUE TE COMPRAZES.

Remove os perigos da uremia; CONTUDO NÃO SUFOQUES OS RINS COM VENENOS DE TAÇAS BRILHANTES.

Desloca o reumatismo dos membros, REPARANDO, PORÉM, O QUE FAZES COM TEUS PÉS, BRAÇOS E MÃOS.

Sana os desacertos cerebrais que te ameaçam; TODAVIA APRENDE A GUARDAR A MENTE NO IDEALISMO SUPERIOR E NOS ATOS NOBRES.

CONSAGRA-TE À PRÓPRIA CURA, MAS NÃO ESQUEÇAS A PREGAÇÃO DO REINO DIVINO AOS TEUS ÓRGÃOS. ELES SÃO VIVOS E EDUCÁVEIS.

SEM QUE TEU PENSAMENTO SE PURIFIQUE E SEM QUE A TUA VONTADE COMANDE O BARCO DO ORGANISMO PARA O BEM, a intervenção dos remédios humanos não passará de medida em trânsito para a inutilidade.

Xavier, Francisco Cândido. Da obra: Segue-me. Ditado pelo Espírito Emmanuel.

 

IECIM Aula:Paulo de Tarso, o Apóstolo dos Gentios

Curso de aprofundamento do estudo e educação da mediunidade

Aula: Paulo de Tarso, o Apóstolo dos Gentios

Expositor: Sônia Pegas

Local: Instituto Espírita Cidadão do Mundo-Unidade Butantã

Data: 10/06/2013

Para Visualizar os Slides da aula clique aqui

 

Leia mais...

 

Sinais de Alarme

Há dez sinais vermelhos, no caminho da experiência, indicando queda provável na obsessão:

-quando entramos na faixa da impaciência;

-quando acreditamos que a nossa dor é a maior;

-quando passamos a ver ingratidão nos amigos;

-quando imaginamos maldade nas atitudes dos companheiros;

-quando comentamos o lado menos feliz dessa ou daquela pessoa;

-quando reclamamos apreço e reconhecimento;

-quando supomos que o nosso trabalho está sendo excessivo;

-quando passamos o dia a exigir esforço alheio, sem prestar o mais leve serviço;

-quando pretendemos fugir de nós mesmos, através do álcool ou do entorpecente;

-quando julgamos que o dever é apenas dos outros.

Toda vez que um desses sinais venha a surgir no trânsito de nossas idéias, a Lei Divina está presente, recomendando-nos a prudência de amparar-nos no socorro da prece ou na luz do discernimento.

 

<< Início < Anterior 281 282 283 284 285 286 287 288 289 290 Próximo > Fim >>

Página 287 de 310

Translate
English French German Italian Russian Spanish
Doações
Banner
Pesquisar
Facebook
Popular
Direitos Autorais

Amigos, nossas postagens, fotos, estudos, vídeos e outras publicações são recebidas de amigos ou autorizadas pelos seus responsáveis. Primamos pela ética e o respeito aos Direitos da Propriedade Intelectual. Se você é proprietário de algum material publicado neste site, por favor, informe para que possamos legalizar a divulgação ou proceder a sua imediata retirada. Clique aqui.